Reintegração

Falta de oportunidades e preconceito, estes são alguns dos obstáculos enfrentados por aqueles que moram nas ruas, dispostos a deixar de lado seu modo de vida atual e iniciar um tratamento. Há 26 anos disposta a transformar este quadro, a Reintegra Turma da Sopa mantém sua busca por parceiros que como a Instituição, acreditam na recuperação do ser humano. Deste modo, conquistou credibilidade e reconhecimento junto à sociedade, apostando em tratamentos mais longos - de no mínimo seis meses - tempo necessário para o corpo começar a se reequilibrar e tomar consciência de sua doença e de sua dependência química ou alcoólica.

 

O custo para manter alguém internado é bem alto. E a etapa seguinte, onde a pessoa precisa de tratamento odontológico, oftalmológico, encaminhamento para empregos e realização de cursos profissionalizantes, etc.

 

O investimento permanece alto, mas mesmo assim a Associação Beneficente Benedito Pacheco não esmorece e segue em frente, porque o resultado de sua luta de mais de duas décadas pode ser conferida no brilho dos olhos de todas as pessoas reintegradas ao convívio social, e que um dia habitaram algum dos muitos viadutos da nossa metrópole. Neste contexto, sua parceria é muito importante. Apadrinhando um de nossos internos você faz a sua parte.

Trabalho na rua

A Reintegra Turma da Sopa viabiliza a compra de passagens para pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade e desejam voltar para o seu Estado de Origem. Entramos em contato com os familiares do assistido para verificar se há disponibilidade em recebê-lo. Garantindo a aceitação do seu retorno, um dos voluntários da Associação fará o acompanhamento até a hora do embarque.

 

Encaminhamos para o Hospital CEMA, especializado em olhos, ouvidos, nariz e garganta, pessoas em processo de ressocialização, onde farão exames oftalmológicos ou tratamento especifico. Caso haja necessidade do uso de óculos, a Reintegra Turma da Sopa fará o envio da receita para a Fábrica de Óculos, uma de nossas parceiras, e se responsabiliza por custos e entrega dos óculos ao assistido.

 

Após internação em comunidade terapêutica, encaminhamos o assistido para cursos profissionalizantes. Temos uma sólida parceria com as principais escolas que formam profissionais nas áreas de porteiro e vigilante. Como esses cursos são de alto reconhecimento, a própria escola garante a admissão do assistido, em posse de sua certificação, com as prestadoras parceiras.

 

Auxiliamos na obtenção da segunda via de certidões de nascimento ou casamento. Entramos em contato com cartórios em todo o Brasil, e via telefone/e-mail, recuperam cópias dos documentos, que são posteriormente entregues aos assistidos.

 

Atendemos gestantes que não estão inscritas nos programas da prefeitura, oferecendo um pequeno enxoval, para o início dos cuidados com o futuro bebê.

Assistidos reintegrados

 

osmar.jpg

OSMAR INNOCENCIO

 

"Minha felicidade é fruto da confiança de vocês que me devolveram a esperança e me mostraram que todos merecem uma segunda chance. Amo vocês".

 

 

walter.jpg

JOSÉ W. O. SANTOS

 

"Estou me sentindo muito feliz e renovado. Sou muito grato à Reintegra Turma da Sopa, à Maranata/Habepi e a minha família".

 

 

jesse.jpg

JESSÉ L. SILVA

 

"Hoje posso sorrir muito porque, com alegria, posso mostrar os dentes que esse pessoal da Sopa me proporcionou, através do tratamento".